Voluntários da Copasa entram novamente em ação durante Circuito das Estações para divulgar o Reviva Pampulha

Participação de Copasa e Aeco como parceiras no evento esportivo foi mais oportunidade para divulgar as ações de recuperação da Pampulha

 

Para ampliar a divulgação da importância dos trabalhos na bacia da Pampulha promovidos pelo Reviva Pampulha, a Copasa, por meio da equipe de colaboradores do Programa Voluntários da Copasa, marcou presença no Circuito das Estações – Etapa Inverno, evento esportivo em que ela é parceira, juntamente à Associação dos Empregados da Copasa (Aeco), e que foi realizado neste domingo (07/07), às 7h, na orla da Lagoa, em Belo Horizonte.

Presentes no evento esportivo o diretor de Relacionamento com o Cliente e Regulação (DRC), Cleyson Jacomini, e a gerente da Unidade de Serviço de Desenvolvimento Sustentável (USDS), Luciana Barbosa. Os dois falaram sobre os investimentos que a Copasa tem feito para a universalização do saneamento e destacaram também a importância do Reviva Pampulha, que, de acordo com eles, está sendo uma grande oportunidade para agregar valor ao saneamento, o Programa Voluntários da Copasa, que está sendo um instrumento fundamental

de divulgação e conscientização da população sobre todos os esforços e todos os resultados que a Companhia está trazendo para despoluir a Lagoa da Pampulha. “Tarefa que depende do engajamento do todos os atores envolvido”, observou Luciana, que ainda fez um agradecimento especial à Aeco por entrado nessa parceria.

 

Da esquerda para direita Luciana Caribé, presidente da Aeco, Tiago Júlio, Supervisor Comercial da Copasa, Luciana Barbosa, gerente de Desenvolvi
Diretor de Relacionamento com o Cliente e Regulação da Copasa, Cleyson Jacomini

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Estou muito satisfeita com essa parceria entre Aeco e Copasa aqui no Circuito das Estações. É muito gratificante porque envolve a divulgação ampla para a população a respeito desse projeto, o Reviva Pampulha, que visa a revitalização da Lagoa, cartão postal de Belo Horizonte, que é também um patrimônio de todos os Mineiros”, ressaltou Luciana Caribé, presidente da Aeco.

Corredores da Copasa concentrados no stand da Aeco

Com 17 anos de história, o Circuito das Estações, um dos maiores eventos de corrida de rua da América Latina, que acontece em treze cidades brasileiras, dentre elas Belo Horizonte, continua a inspirar, desafiar e celebrar a paixão por esse esporte. São quatro realizações ao longo do ano, representando as estações: outono, realizada em março/2024; inverno, que ocorreu neste domingo (07/07); além de primavera e verão que ainda vão ocorrer. Participam, em cada etapa, uma média de 7,5 mil corredores.

Além dos corredores, participaram do Circuito das Estações deste domingo empresas e patrocinadores, que fizeram a distribuição de brindes nos diversos stands montados no local de concentração, o que atraiu a vinda de várias pessoas interessadas em acompanhar o evento esportivo.

Nesse contexto, o Circuito acabou sendo a oportunidade ideal para ampliar ainda mais a divulgação das ações desse projeto da Copasa, o Reviva Pampulha, que tem previstos investimentos na casa de R$ 146,5 milhões para a universalização do atendimento do Sistema de Esgotamento Sanitário na Bacia da Pampulha, beneficiando comunidades do entorno, além de ajudar na recuperação da Lagoa da Pampulha para todos os mineiros.

 

 

Público do Circuito das Estações concentrado à frente do stand da Copasa e Aeco

Atualmente, cerca de 36% da meta do Plano já foi alcançada e mais de 35 milhões de reais já foram investidos nas diversas ações propostas pela companhia.

No Plano de Ação, a Copasa é responsável pelas obras de infraestrutura necessárias para a interligação dos imóveis factíveis e potenciais da bacia ao

sistema de esgotamento sanitário. Os municípios de Belo Horizonte e Contagem, por sua vez, tem um papel importante na notificação dos moradores que se recusam a aderir às redes disponíveis, bem como nos processos de desapropriação e licenciamento ambiental que se fizerem necessários para a implantação da infraestrutura da Copasa.

Faz parte também de todo esse projeto de recuperação da Lagoa da Pampulha a Estação de Tratamento de Águas Fluviais (ETAF-Pampulha) da Copasa, que fica ao lado do Parque Ecológico Francisco Lins do Rego. A Estação tem como objetivo tratar a água que chega dos córregos Ressaca e Sarandi, que representam aproximadamente 70% da vazão da Lagoa, por meio da remoção de resíduos sólidos lançados nos corpos d’água e da matéria orgânica proveniente do esgoto em regiões sem sistema de coleta.

 

Ponto de concentração para as abordagens do público

 

Participantes do Quiz com o voluntário Ederson Pereira da Copasa

No local da realização da corrida, foi montado um stand da Copasa/ Aeco, que ficou disponível de 7h às 11h30, onde foram distribuídas camisetas com desing específico para os corredores da Copasa e entrega de brindes.

Segundo a voluntária da Copasa Ellen Figueiredo, que participou das três mobilizações realizadas pelos Voluntários da Copasa, as ações do Reviva Pampulha são de extrema importância para a população e para os municípios de BH e Contagem, pois promove a conservação de um patrimônio. “Considero que foi muito gratificante ter participado das três mobilizações do Programa

Voluntários da Copasa, principalmente por poder passar para o público informações sobre as iniciativas do Reviva. Sempre que puder estarei disponível e espero que tudo isso sirva de incentivo para engajar mais empregados da Copasa”, comentou.

Da esquerda para direnta, os voluntários Ellen Figueiredo, José Luedes e Luisa Naves

Os voluntários ficaram posicionados na entrada do stand da Copasa para interagir com o público. Nessas abordagens, os voluntários apresentavam as informações sobre o Reviva Pampulha e a ETAF-Pampulha. No final era realizado um Quiz sobre o que foi apresentado, uma estratégia de fixar nos participantes as informações transmitidas para serem, consequentemente, multiplicadas da forma mais correta possível.

Para a bancária Karina Azevedo, moradora do bairro Betânia, em BH, que participou acertou todas as perguntas do Quiz aplicado pelos voluntários, “o programa Reviva Pampulha é uma iniciativa muita bacana que demonstra o cuidado que a Copasa está tendo para melhorar a qualidade da água de um importante ponto turístico da cidade, que beneficia quem vive e quem também visita BH”, frisou.

Ederson Pereira ao lado da participante Karina Azevedo

Outra que participou e acertou todas as perguntas do Quiz, foi o também bancário, Marlon Franklin, morador do bairro Lourdes, em BH. De acordo com ele, “é muito interessante a Copasa estar fazendo essa mobilização no Circuito das Estações para divulgar essas ações de despoluição da Lagoa da Pampulha”, comentou.

 

 

 

 

Alinhamento e contribuição para a Agenda ESG

O Reviva Pampulha é mais um conjunto de ações que integra a Agenda ESG (sigla que se refere a questões ambientais, sociais e de governança corporativa)

da Copasa, especialmente por envolver compromissos de Proteção das Águas e Relacionamento com os Clientes.

A atividade também está inserida aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, no que tange aos ODSs 3 – Saúde e Bem-Estar: combatendo as doenças transmitidas pela água; 6 – Água Potável e Saneamento: melhorando a qualidade da água, reduzindo a proporção de águas residuais não tratadas e fortalecendo a participação das comunidades locais para melhorar a gestão da água e do saneamento, e 11 – Cidades e Comunidades Sustentáveis: fortalecendo os esforços para proteger e salvaguardar o patrimônio cultural e natural do mundo.

Além do Circuito das Estação, a equipe de colaboradores do Programa Voluntários esteve presente em outras duas mobilizações de conscientização do público sobre as ações do Reviva Pampulha: a 15ª Meia Maratona Internacional de Belo Horizonte, do dia 30/06, também ocorrida na orla da Lagoa, em que a Copasa foi uma das patrocinadoras, e o Reviva no Parque, evento organizado pela própria Copasa, realizado no Parque Ecológico Francisco Lins do Rego (mais conhecido como Parque Ecológico da Pampulha) em 15/06.